Usuário Seleto - Logar
Mudar de cidade
  • você está em

    Campinas

    Mudar Cidade

Buscar um restaurante
  • Especialidade

  • Preço


Curiosidades sobre o alimento que você consome

Indicar essa página a um amigo

26/03/2019 | por: GuiaRseleto

Azeitona e tomates são frutas! 

Sim, você come salada cheia de frutas e nem sabia disso. É muito comum pensarmos que todas as frutas são doces, mas isso não é verdade. Enquanto o tomate é o fruto do tomateiro (Solanum lycopersicum), a azeitona é o fruto da oliveira (Olea europaea).

 Colocar óleo no macarrão impede que ele grude?

Não. E, na verdade, você não vai querer fazer isso: seu macarrão vai ficar com uma camada de proteção que impede que a massa absorva o molho. A ideia, bastante difundida desde o tempo de nossas avós, não passa de um mito, afinal, como você já sabe, óleo e água não se misturam e a substância acaba ficando na superfície da panela.
Para mandar bem no macarrão, basta colocar uma quantidade de água que seja o bastante para que a massa fique solta na panela. O ideal é a proporção de 1 litro de água para cada 100 gramas de massa.

Comida diet nem sempre emagrece

É isso mesmo que você leu! Enquanto produtos light indicam a redução de ingredientes, produtos diet contam com a isenção de algo. Basicamente, a diferença é que, enquanto grande parte dos produtos light têm menos gorduras, o que deixa o alimento menos calórico, os produtos diet são voltados para pessoas com restrições alimentares, como o diabetes, e normalmente contam com a isenção de açúcar.
Ou seja: você pode comer um delicioso bolo de chocolate diet, mas estar ingerindo mais calorias do que se estivesse comendo um doce com açúcar. Em grande parte dos casos, isso acontece porque, na hora de obter um sabor mais próximo ao “original”, os fabricantes aumentam outros ingredientes nos produtos sem açúcar – como a própria gordura.

Por que o mel não estraga?

Se você é fã de doces, já deve ter percebido que o mel, mesmo guardado por anos, não perde seu sabor. Ele muda de textura, pode ficar mais espesso e chegar a ficar sólido, porém, ele não fica azedo ou estraga.
A resposta disso está na inteligência do trabalho das abelhas. Como o mel é a única fonte de energia dos insetos, eles necessitam que o alimento não estrague até a próxima primavera. As abelhas então retiram o máximo de água que conseguem, fazendo com que o mel tenha uma concentração alta de açúcar, enquanto preserva a baixa umidade. Isso faz com que o mel dure por muito tempo, sem qualquer conservante.
O excesso de açúcar também faz seu papel: os microrganismos que estragam alimentos não sobrevivem em ambientes com muito açúcar – considerando que o mel tem em 90% de sua composição algum tipo de açúcar, as chances do alimento estragar são muito baixas.

Como um simples grão de milho vira pipoca?

Pipoca. Dá água na boca só de pensar. Um dos alimentos mais consumidos – ao menos, na hora de um bom filme – é também um dos mais misteriosos. Afinal: como um pequeno grão se transforma em uma coisa tão saborosa? E, o melhor, sem que você precise ter qualquer trabalho?
Dentro de um grão de milho, existem dois componentes básicos: água e amido. Quando os grãos são colocados em uma fonte de calor, essa água começa a virar vapor e, com isso, passa a empurrar a casca para fora.
Enquanto isso, o amido começa a se expandir, deixando de ser sólido e ganhando uma textura gelatinosa. Com a pressão, a casquinha do grão estoura e, ao encontrar o ar, o amido se solidifica outra vez, formando a pipoca. Por isso, quando o milho está velho, ele deixa de estourar. Ele provavelmente já está mais seco do que o grão fresquinho, impedindo que o processo ocorra.

Veja também:
Receitas  |  Novidades  |  Dica de jantar para hoje  |  Promoção: Economize na hora de comer


Guia Restaurante Seleto

Tecnologia e Criação Princi Agência Web

Todas as informações exibidas no Guia Restaurante Seleto são manifestadas pelos seus usuários.

O portal não compartilha necessariamente as mesmas opiniões e se exclui da responsabilidade pelos danos delas decorrentes.